25 de fev de 2016

Personal Trainer é caro?



É natural que, em tempos de crise, as pessoas passem a fazer muitas contas antes de contratar qualquer serviço. Em se tratando de um treinamento personalizado, muita gente ainda trata como algo supérfluo, um luxo, algo que vai onerar demais o orçamento. Será que não cabe uma análise um pouco mais criteriosa nesse sentido? 

Por se tratar, antes de tudo, de um serviço de saúde, é imprescindível que seja contratado um profissional qualificado (atentar para que esteja regular com o CREF), pois sabemos que ninguém entrega a construção de um prédio a um médico, ninguém entrega seus dentes a um arquiteto, ninguém faz uma cirurgia com um advogado. Portanto, atividade física, só com o profissional de educação física. 

Se o objetivo é emagrecer por exemplo, as pessoas querem resultados rápidos e menor custo possível. Um perigo! Pois muitas vezes recorrem a métodos bastante arriscados para isso, como dietas com produtos que prometem milagres, ou cirurgias, às vezes, muito invasivas. E note: as contas e o tempo podem nem compensar - uma cirurgia de lipoaspiração não sai por menos de 10 mil reais atualmente, há um tempo de preparação e recuperação, há produtos como cintas e redutores, há sessões de fisioterapia, entre outros gastos correlatos... para apresentar resultados satisfatórios em......... 6 meses! Xiiiii... 6 meses? Será que seis meses com um personal trainer não seriam mais baratos, mais saudáveis e certamente sem cicatrizes? É possível até que os gastos ainda cubram um acompanhemento de um nutricionista e talvez até um psicólogo que ajude a mudar hábitos, reduzindo ainda mais as chances do efeito sanfona...


Esse foi só um exemplo... Cuidar da saúde e mudar hábitos não tem preço. Nada compensa correr riscos com profissionais desqualificados (ou profissional nenhum). E certamente compensa muito menos ter uma vida sedentária, acumulando riscos à saúde, e ter de gastar fortunas ao envelhecer com uma saúde debilitada. É preciso um pensamento preventivo, ainda que os objetivos sejam estéticos puramente, os ganhos adquiridos com o exercício físico são levados para toda a vida. É um plano de saúde completo!


Treine hoje, e curta sua vida com mais qualidade e por mais tempo!!!


21 de fev de 2016

Ação Promocional WELFARE TRAINER

Olha o sucesso que foi o nosso Aulão, ontem, na praia de Candeias em Jaboatão dos Guararapes! 
Orientação de atividade física e saúde à população, aferição de PA, um circuito que derramou suor na areia e um belíssimo visual à beira-mar. 

Foi TOP! Curtiu?

Então acompanha nossas novidade e promoções nas redes sociais (@welfaretrainer) e também no nosso blog.

#otreinoénosso #oseuresultadoéanossameta






14 de fev de 2016

Treinos das Celebridades: As "modinhas" funcionam? A resposta é "Sim".

Claudia Leitte é adepta do treino funcional
Basta aparecer na TV uma celebridade fazendo alguma modalidade diferente, ou algum(a) "blogueiro(a) fitness" trazer o seu novo treino da moda e logo os professores nas academia são cercados por perguntas do tipo: "Treinamento Funcional é bom?"; "Crossfit é pra hipertrofia ou pra emagrecer?"; "Onde é que tem esse Mahamudra por aki?". A última me indagou sobre aeropilates. Por que o interesse tão grande nessas práticas diferenciadas? São de fato efetivas ou apenas modinhas?

Sim, são moda! A mídia através dos famosos que as praticam contribuem para isso. Conquistam alguns adeptos, até que outro artista apareça fazendo algo diferente... Se há tanto interesse por práticas diferentes, há motivos para isso. O treino é chato, entediante, monótono e não deveria ser bem assim. Mas respondendo à pergunta: funcionam sim. Cada modalidade, se bem orientada por profissionais capacitados pode ter seus benefícios a quem se dedica a treinar, mas sabemos que muitas vezes o aluno só quer quebrar a rotina. E então?

Ao praticar uma atividade como a musculação, ainda que bem orientada, após alguns anos de prática é bem comum que haja uma certa desmotivação com a modalidade, isso compromete inclusive os resultados. Estagnando ou regredindo. Na corrida isso também é frequente. Um bom professor, atento a isso deve saber a hora e a frequência de mexer no treino de forma a evitar esse "abuso", variar a intensidade, o volume, as estratégias.

Tirar o corpo do lugar comum é uma dessas estratégias. Quebramos a rotina, trazemos uma motivação nova, novos desafios, novos estímulos. Consequentemente trabalhamos músculos diferentes, muitas vezes esquecidos, mas não menos importantes, experimentamos sensações diversas. Isso cabe em qualquer treino, desde que feito com responsabilidade e segurança. Planejando e encaixando de forma correta esses novos estímulos no treinamento é possível até potencializar os resultados buscados com a modalidade "principal".

Sangalo: A musa do Axé optou pela Zumba
Uma ideia seria testar as aulas experimentais que se oferecem nos grupos especializados e academias públicas e particulares. Mas é importante lembrar que o nosso corpo necessita de um tempo para adaptação ao novo estímulo e aprendizado dos novos movimentos, então seria importante ficar um tempo na modalidade escolhida e aproveitar seus benefícios dentro do possível, antes de sair pulando de aula em aula.

Assim, posso dizer que praticar um esporte diferente, zumba, stand up paddle, surf ou qualquer outra modalidade pode te trazer excelentes experiências sem comprometer seus objetivos principais. Converse com seu professor, e se permita experimentá-los.


1 de fev de 2016

Um mês de treino grátis... vem com a gente

E dizem que o ano só começa depois do carnaval! Pois entramos nessa vibe também!

Ofertamos uma aula especial TOTALMENTE GRATUITA para você conhecer nosso trabalho e saber que #otreinoénosso. INSCREVA- SE


- Entre em contato via Whatsapp (81) 9 8645 2220 ou pelo email welfaretrainer@gmail.com
- Leia o regulamento na aba promoções.